Sabia que o PRR garante formação gratuita para Empresas 4.0?

Está a pensar aumentar as competências da sua equipa na área digital? E se lhe dissermos que há uma nova oportunidade para isso e sem custos para as empresas?

A medida Formação Emprego + Digital é um novo programa para os seus trabalhadores, no âmbito da componente 16 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Além de fomentar a digitalização do nosso tecido empresarial, este programa proporciona formações gratuitas alinhadas com as necessidades dos trabalhadores e respetivos setores de atividade.

Mas como participar neste programa gratuito de formação digital? E quais as condições de acesso?

 

Como beneficiar das formações gratuitas na área digital?

A digitalização das empresas continua a dar que falar. Por esta altura, já não é surpresa que esta seja uma das áreas prioritárias de financiamento, tanto no âmbito do PRR como, brevemente, no Portugal 2030 (PT2030).

É por isso que a medida Emprego + Digital financia formações que respondam às necessidades específicas das empresas, através de projetos definidos com entidades formadoras certificadas.

Ou seja, se contar com a Academia GROW by ESTRATEGOR para desenvolver o seu projeto de formação, estará mais perto de:

  • Ter maior flexibilidade para integrar novas tecnologias;
  • Resolver desafios concretos com formação;
  • Desenvolver uma equipa mais bem preparada e produtiva.

Naturalmente, estes projetos de formação deverão envolver os trabalhadores que participem nos processos digitais das empresas, detenham baixos níveis de proficiência digital, corram o risco de ver a sua função desaparecer ou pertençam a um sexo sub-representado na profissão exercida.

Se a sua empresa está interessada em desenvolver um Plano de Formação Emprego + Digital, pode dizer-nos aqui quais as áreas prioritárias para si. Nós tratamos do resto!

 

Empresas 4.0: formações para múltiplos setores

Este programa destaca-se ainda por abranger mais de quinze setores de atividade, nomeadamente:

  • Moldes;
  • Florestal e Transformador de Papel
  • Mármores, Granitos e Cerâmica;
  • Economia do Mar;
  • Agrícola.

Os percursos de formação podem variar entre as 25 e 200 horas e podem ser desenvolvidos percursos formativos à medida (mínimo de 25 horas). É ou não é uma excelente oportunidade para cumprir já as 40 horas anuais de formação por ano, esse imperativo legal do qual já aqui falámos?

Adicionalmente, as formações devem ter em conta áreas como, por exemplo:

  • Ferramentas de produtividade e colaboração;
  • Comércio Digital – estratégia de empresa & operacionalização;
  • Cibersegurança e segurança informática;
  • Gestão de redes sociais;
  • Business Intelligence;
  • Robótica
  • CRM;
  • Sistemas de automação.

 

Gostaria de aceder a estas formações financiadas?

Participar nestas formações gratuitas começa por um passo simples: escolher uma equipa experiente, acreditada pela DGERT em 17 áreas, com consultores especializados em projetos de formação financiada.

Dito de outro modo, se gostaria de melhorar já as competências digitais da sua equipa, fale connosco!

Partilhar: