Vouchers para Startups: PRR apoia novos produtos Verdes e Digitais

Hoje trazemos uma boa notícia para as startups que desenvolvam produtos ou serviços digitais: há um concurso do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) que pretende atribuir vouchers a 3.000 empresas nacionais, desde que estas contribuam para a Transição Climática.

Englobado na Componente 16 (Empresas 4.0), o Aviso N.º 10/C16-i02/2022 (“Vouchers para Startups – Novos Produtos Verdes e Digitais”) conta com uma dotação indicativa de 45 milhões de euros e manter-se-á aberto até ser alocado todo o montante disponível para apoio.

Em termos gerais, as candidaturas aos “Vouchers para Startups” devem obedecer a um dos seguintes propósitos:

  • Apoiar startups em fase de arranque;
  • Ajudar na participação em programas de ignição ou aceleração;
  • Incentivar o desenvolvimento de projetos-piloto (demonstrações de tecnologia).

 

Que empresas se podem candidatar?

Os vouchers serão atribuídos a startups que desenvolvam produtos ou serviços digitais que possam contribuir, de forma positiva, para a transição climática. Para esse efeito, os projetos devem permitir, por exemplo:

  • Reduzir os impactos da poluição;
  • Fomentar a economia circular;
  • Desenvolver novas soluções de produção energética;
  • Aplicar Dados Abertos ou Inteligência Artificial.

Para além disso, é necessário que as startups cumpram ainda requisitos como serem empresas criadas há menos de 10 anos, terem estatuto PME e estarem integradas num setor de elevada intensidade tecnológica e de conhecimento.

 

Qual o apoio financeiro?

As empresas com potencial de crescimento e com um modelo de negócios digital que contribua para a transição climática poderão receber um apoio, a fundo perdido, de 30 mil euros. Para esse efeito, devem apresentar despesas elegíveis correspondentes a esse valor.

Para efeitos deste concurso do PRR, são válidos os seguintes investimentos:

  • Custos com Recursos Humanos já existentes ou a contratar;
  • Despesas com acreditação ou certificação tecnológica;
  • Aquisição de serviços externos: consultoria de marketing, digitalização, etc.
  • Aquisição ou aluguer operacional de equipamentos;
  • Despesas com subscrição de software;
  • Encargos com direitos de propriedade industrial (patentes);
  • Custos indiretos.

 

Gostaria de saber mais sobre este Aviso?

O formulário de candidaturas abre no dia 25 de novembro, permanecendo disponível até ao esgotamento da dotação atribuída ao concurso. Se gostaria de formular uma candidatura, fale connosco!

Partilhar:

Estrategor