O que é a NP EN ISO 9001 e para que serve?

O que é a NP EN ISO 9001?

Confrontados com um mercado repleto de serviços e produtos, as empresas precisam necessariamente de manter padrões de qualidade para encararem a concorrência e conseguirem assim satisfazer as expectativas dos Clientes. Porém, o que determina a qualidade de um produto/serviço?

Dado o interesse crescente das empresas em assegurar uma produção de alta qualidade para se diferenciarem positivamente no mercado têm surgido vários sistemas de gestão de qualidade suportados em normas de gestão.

Uma das normas mais conhecidas e utilizadas é a NP EN ISO 9001, cujo principal intuito é ser usada pelas empresas como um guia de implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade reconhecido. Desta forma, ao obter a certificação pela norma  NP EN ISO 9001 é criada uma força motriz que impulsionará de forma sustentada a qualidade do produto/serviço. Ao longo deste artigo explicamos em síntese quais os princípios que a sustentam.

Ter ou não ter? Eis a questão

Antes de mais, cabe à empresa tomar a decisão se quer ou não aplicar um Sistema de Gestão da Qualidade com o intuito de melhorar o seu produto/serviço. A conceção, planeamento e implementação do sistema deve por isso ser influenciada pelas características únicas da empresa: a sua dimensão, as características dos produtos ou serviços, as metodologias aplicadas, entre outros.

É importante que perceba ainda que a norma NP EN ISO 9001 não pretende igualar todas as empresas, mas sim complementar as suas capacidades exclusivas e de alguma forma melhorá-las. se quisermos resumir o principal objectivo desta norma, podemos dizer que a satisfação do cliente é a meta final.

E em que casos a certificação da norma NP EN ISO 9001 pode ser útil?

Basicamente, como apontamos acima, o objetivo é assegurar a qualidade da empresa para que consiga posicionar-se melhor em situações tão diversas como:

  • Entrada em novos mercados;
  • Melhorar a sua posição no mercado atual;
  • Aumento da confiança interna e externa;
  • Reestruturação empresarial;
  • Aumento de notoriedade;
  • Controlo e redução dos custos de não qualidade;
  • Aumento da satisfação dos clientes;
  • Melhorar posição no panorama internacional.
  • Melhoria da comunicação interna.

Quais os passos essenciais?

O projeto de certificação de uma empresa com a norma NP EN ISO 9001 pode variar conforme as suas características, embora o prazo típico seja habitualmente os 12 meses. Todo o processo deve ainda ser desenvolvido e implementado seguindo a metodologia Plan, Do, Check and Act resumida facilmente em quatro tópicos.

  • Planear – Esta é a fase em que se estabelecem objetivos e metodologias certas para satisfazer o cliente e melhorar de forma contínua
  • Fazer – Uma vez determinados os objetivos , está na hora de implementar a metodologia formulada anteriormente.
  • Verificar – Nesta terceira fase, começa-se a medir os processos/produtos e relatar os resultados.
  • Atuar – Esta é a fase em que se começa a exercer ações de melhoria sobre o processo/ produto.

Em resumo, podemos concluir que a implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade integra necessariamente acções como:

  • Documentar o que se pretende atingir/fazer
  • Fazer o que está documentado
  • Evidenciar os resultados atingidos

Mas quais os passos essenciais para colocar este sistema em acção na sua empresa?

  1. Auditoria para diagnosticar a situação atual do Sistema da Qualidade e, consequentemente, organizar toda a informação num relatório.
  2. Caracterizar os produtos, serviços e processos, assim como os seus indicadores.
  3. Preparar a equipa da empresa através de ações de formação e sensibilização para se adaptarem às mudanças e futura certificação da empresa.
  4. Preparar um Manual de Gestão de Qualidade, assim como o estabelecer a hierarquia ou organigrama da empresa, designar as funções de cada colaborador e nomear um grupo da qualidade, entre outros.
  5. Analisar a legislação e averiguar como aplicá-la.
  6. .
  7. Documentar actividades relevantes.
  8. Implementar actividades requeridas pela norma e eventualmente ainda não prosseguidas pela empresa como a sistematização da resolução de problemas.
  9. Implementar auditorias internas de qualidade para avaliar o cumprimento das actividades definidas e os resultados alcançados.
  10. Analisar as constatações da auditoria interna e realizar o pedido de concessão.
  11. Analisar o relatório da equipa auditora e resposta ao mesmo.

Precisa de ajuda para implementar a NP EN ISO 9001 na sua empresa?
Podemos ajudar! Entre em contacto connosco!

Para mais informações, fale connosco!

[contact-form-7 id="18959"]